segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Sinfonia de miados anunciando o amanhecer...

Cinco e pouco da manhã, de segunda a sexta-feira, toca meu despertador. Levanto-me, ainda semi-acordada e desço, acompanhada sempre pela Faninha. Coloco a galinha e, em alguns dias, a sopa no fogo (alguns dos alimentos da turminha, além da ração) e preparo meu café; antes de tomá-lo ainda estou no automático. Quando tenho sorte já terminei de tomá-lo quando Faninha começa a latir desesperada: os Sarnowski já foram atraídos pelos odores da galinha e começam a espiar nas janelas, gerando os latidos.

Corro a colocar ração para eles, antes que a vizinhança toda seja despertada. Enquanto alimento nove Sarnowskis no pátio, Sarninha começa a miar em cima da lavanderia (é a única que nunca desce) e dentro da mesma (a lavanderia) Chuvisquinho, Penny, Lindinha, Kaia e Negresco, também despertam e se unem ao coral, a esta altura já acrescido de Tchutchuca e filhos, que já saíram para seu pátio. Felizmente Black, Zulu, Docinho, Ursinha e Mickey que ainda estão presos em seu quarto, mais isolado, ainda não despertaram.

Antes disso já dei um pouco de ração para Snow que fica me passando a patinha, querendo galinha (ela raramente mia).

A esta altura a turminha que fica em nossos quartos (Palito,  Mia, Mischa e Vit) já desceu e está miando na porta da sala de jantar, querendo seu café da manhã. Mimosa raramente desce; fica me aguardando no quarto (muito comportada esta menina!)

Aos finais de semana consigo dormir um pouco mais (pelo menos até um pouco depois do dia clarear...)

Os corais também se repetem no almoço e jantar, mas antes do amanhecer é bem mais romântico... kkkk

Tem razão aqueles que dizem que, depois que temos filhos, nunca mais dormimos como antes. 



Depois que comem "eles" dormem de novo!


9 comentários:

Nikita disse...

Gisa que maratona hein??..hehehe mas, vale muito a pena, não é mesmo??...o amor e carinho que eles nos dão vale por tudo.

Bjs, Néia

Repositório disse...

Aqui em casa é assim tb... às cinco da manhã, invariavelmente o Luan vem me chamar porque quer comida... isso q sempre tem um restinho no pote!!

Blog da Rutha disse...

Isso que é amor ! Concordo que depois que temos filhos não dormimos mais porque a Pink me aperta todas as noites, eu mal posso me mexer e a Rutha mia todas as madrugadas, mia bem alto, eu grito, faço Xiii, mas não adianta...quando o marido fica nervoso e grita ela fica quieta, mas é difícil.
Nos finais de semana que eu posso dormir os cachorros latem logo cedo...
Adoro as fotos da sua bicharada, parecem todos felizes !
Beijos
Laís

eva disse...

Deve ser uma festa. Eu embora atualmente esteja com três ( dois fixos e uma visitante), apenas o Shake vem me acordar, ele ronrona na minha cabeça, depois me dá uns tapinhas na cara, até eu levantar e liberar uns petiscos. O problema é que nas raras vezes qque ele nào faz isso, sinto falta. Beijos

Gato Pierre disse...

Nossa...minha mãe ia ficar bem maluca com essa rotina! Cinco e tantas ela levanta também pra fazer o café da manhã da minha irmã humana, a Jujuba, e eu aguardo seu despertar bem comportado na porta do quarto pra receber meu papá (minha mãe ta me vetando de dormir lá, pq eu fico derrubando os bibelôs da cabeceira na cuca dela e ela acorda assustada, rs). Você é uma mãezona!Lambeijocas

Gatos da minha vida: Lola, Lilica, Smigol e Preta disse...

Ai menina, pois éh, antes de clarear é mais legal mesmo!!!Rsrsrrs, agente merece, fala sério!;-)
Bjinhaaaus
Wayne

Milene Widholzer disse...

Ai que sinfonia, rsrs... Aqui em casa é só a Mina e ela está acostumada com o nosso horário da semana que é seis horas da manhã, então feriado e fim de semana ela quer todos acordados, mesmo tendo ração e água no pratinho. Ela quer companhia... por cinco minutos... e depois volta a dormir, GHRRRRRRR! rsrs.

Denise disse...

Hehehe!
Adorei o post!
sinfonia de miados e latidos, rs!
Dão trabalho, mas o amor dele compensa qq coisa....
bjs

Beth disse...

Gisa querida, estou tentando ler alguns posts de quem sigo, e deparei-me com esse. És uma heroína amiga, tenho muita dificuldade em levantar cedo. Preciso reestruturar meus horários porque estou atendendo a mãe. E, para complicar o sol escondeu-se, parece que o inverno quer voltar.
Beijos